27 de abr de 2012

Rotina: A vilã do casamento!



Olá meninas!

Finalmente vou começar a falar do lado não tão incrível do casamento, mas totalmente real.
Hoje é sexta-feira, para muitos véspera de um feriadão, certo?
Por isso, acho uma boa oportunidade para falar de um assunto que muitas noivas nem pensam, muitas ainda acreditam que o casamento é todo lindo, principalmente quando estão totalmente apaixonadas, nem imaginam que depois de um tempo (e nem precisa ser muito) a rotina começa a tomar conta do casamento, e numa ocasião como essa de feriadão, por exemplo, é que você percebe o quanto a vida de vocês mudou. Vocês eram aquele casal que não perdiam um feriado, que já estavam na estrada, e agora casados, quais são os planos? Para muitos tudo continua tão bom quanto antes, mas para boa parte, o ritmo dá uma caída considerável e o casamento cai na temida e famosa rotina...
Li bastante artigos sobre o assunto, além da minha própria experiência e cheguei a algumas conclusões, o problema não está na rotina em si, mas sim na rotina monótona, pois a rotina é a repetição sistemática de uma conduta, já a monotonia quer dizer que essa conduta é chata, sem sabor. Portanto um casal pode sim manter uma rotina, desde que essa seja agradável, o mortal para o casamento é como eu disse, a rotina se tornar monótona. Além do que a receita para manter um casamento feliz, equilibrado é mais simples do que parece, principalmente para os homens, que quando chegam nessa fase, tendem a culpar as mulheres, que são exigentes demais e etc, quando na verdade a responsabilidade é dos dois, ambos tem sua parcela de culpa. Algumas mulheres assumem demais o papel de dona de casa e acabam deixando de lado certos cuidados pessoais, até mesmo a vaidade, o homem por outro lado tem a sensação de que uma vez conquistada a amada, logo (erroneamente) não precisa fazer mais nada, "missão cumprida".
Com o tempo a rotina muda nossa percepção e tudo aquilo que acreditávamos antes de casar, depois parece não fazer mais sentido nenhum, então aparecem os problemas, e começam idéias do tipo "o amor acabou, casei com a pessoa errada, não estava preparado (a) para casar, e até mesmo, quando aparece outra pessoa, enxergamos ela perfeita comparada a quem casamos", isso tudo distorcido por um sentimento de frustração, que veio com a rotina.
Apesar de que creio que só compreendemos bem certas situações quando passamos na pele, é possível dizer que nem tudo está perdido, como eu citei no começo a receita é simples para manter um casamento saudável e evitar passar por isso, e para quem ja está nessa experiência, é só colocar em prática pequenas atitudes:
-  Amor não é só palavra, é comportamento, por isso não basta repetir várias vez "eu te amo", demonstre no dia a dia, coisas como bilhetes, um telefonema inesperado, um recado no facebook que seja, uma mensagem no celular, claro com conteúdos românticos, não para falar de assuntos domésticos.

- Essa parece clichê, mas lembrar de datas faz toda a diferença, não precisa ter presentes caros para provar isso, um chocolate, uma rosa, algo que você sabe que sua parceiro (a) gosta, o importante é que o outro perceba que você gastou alguns minutos no seu dia para lembrar e se dedicar a ele.

- Curtir mais a companhia um do outro. Com o tempo o casal torna-se apenas dois indivíduos dividindo o mesmo teto, como "colegas de quarto". De repente o jantar a dois parece menos prazeroso do que cada um com seu prato na mão na frente da TV; a tão aguardada hora de irem juntos para a cama torna-se desinteressante; o final de semana, antes tão esperado, fica um tédio só; o computador parece um amante que rouba o cônjuge... e aí é hora de recuperar os tempos de namoro, quando as conversas eram agradáveis e a companhia do outro era um prazer.

- Realizar atividades prazerosas juntos, para sair da rotina podem ser até as mesmas coisas, mas em lugares diferentes. Pequenas viagens, um dia na praia, um cinema, um jantar, um barzinho, até mesmo uma baladinha só para vocês dois, com um motel depois então...e por que não? Muitos casais depois que casam nunca mais vão ao motel, mas é muito saudável pra relação.

- Se você se preocupa com a estabilidade do lar, saiba que o sexo está incluído nela. Além de pensar na poupança, na casa própria, em pagar as contas, pense, também, em poupar disposição para a vida sexual, pois a falta dela pode destruir uma família também.

- Um assunto que pode parecer bobagem é "tarefas domésticas". Você pode achar que não, mas esse é um dos maiores motivos de desentendimentos, por isso é fundamental que as tarefas sejam divididas, um ajudando o outro, cooperação é a palavra-chave!

- E falando da rotina sexual, algumas dicas para fugir da rotina são: não deixe que tarefas do dia a dia, deixem de lado o prazer e o sexo acaba ficando restrito a ocasiões especiais sábado, férias, quando tiver depilação, um jantar especial... Isso é péssimo! Romance é essencial, mulheres são diferentes dos homens, elas vão para a cama vivendo num romance, mais do que sexo. Então, crie esse clima, seja romântico, assim, você terá uma mulher mais disposta para o sexo. Embora romântica, a mulher gosta de sexo tanto quanto os homens, e gostam de inovar, portanto evite fazer sexo sempre na mesma cama, no mesmo quarto, do mesmo jeito. Não permita que esse momento vire o samba de uma nota só. Isso desanima qualquer casal! Nesse momento a criatividade faz toda a diferença, e sem esquecer que prazer é bom e todos nós gostamos, nada de egoísmo na cama!

E é mais ou menos por aí...pequenos gestos, podem causar grandes mudanças e positivas. Pensem nisso! Infelizmente nem sempre o parceiro aceita a idéia de que a rotina de vocês não está legal, mas tente mostrar com jeitinho que tudo pode melhorar.

Espero que vocês saiam da rotina e curtam esse feriado ao lado do amado!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Noiva no Divã. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino